Saúde de Ribeirão Pires notifica Santa Casa de Birigui para pagar rescisão de ex-funcionários

Ex-funcionários cobram indenizações trabalhistas. Santa Casa de Birigui reincidiu contrato e não fez os pagamentos até o momento

A Secretaria de Saúde de Ribeirão Pires notificou a Santa Casa de Birigui cobrando documentação que identifique os valores e a identidade dos ex-funcionários da OS que tem verbas rescisórias a receber.

Segundo informação passa pela Prefeitura ao Repórter ABC:

“A Santa Casa de Birigui apresentou para a Prefeitura o montante a ser recebido para pagamento das rescisões trabalhistas. Com isso, a Secretaria de Saúde notificou a OS para que apresente a lista completa dos trabalhadores com nomes e valores das rescisões a serem pagos”.

Conforme noticiou o Repórter ABC, em 08 de março de 2021, a Santa Casa de Birigui abandonou os contratos de Gestão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Luzia e dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

Ainda de acordo com a Prefeitura, é aguardado o retorno por parte da Birigui com a apresentação detalhada do relatório para dar prosseguimento ao processo financeiro. As contratações foram todas feitas pela OS que tem a responsabilidades por pagamento de salários e eventuais verbas rescisória. A administração municipal cabe realizar os repasses financeiros.

Deixe uma resposta