Ribeirão Pires regista 8 mortes nesta 3ª feira (30)

Ribeirão Pires recebeu hoje, dia 30, a confirmação de oito mortes por coronavírus entre moradores do município, totalizando 210 óbitos pela doença.

Trata-se de um homem de 56 anos, que estava internado no Hospital Ribeirão Pires e faleceu dia 26/03/2021; Uma senhora de 70 anos, que estava internada no hospital Intermedica ABC em São Bernardo do Campo e faleceu dia 26/03; Uma senhora de 84 anos, que faleceu em sua residência dia 23/03; Um homem de 45 anos, que estava internado no Hospital Intermédica ABC em São Bernardo do Campo e faleceu dia 25/03; Um senhor de 71 anos, que estava internado no Hospital de Campanha de São Bernardo do Campo e faleceu dia 03/03; Um senhor de 68 anos, que estava internado no Hospital de Campanha de Ribeirão Pires e faleceu dia 21/03; Uma mulher de 48 anos, que estava internada no Hospital Nexte em São Bernardo do Campo e faleceu dia 28/03; Uma mulher de 56 anos, que estava internada no Hospital Nexte em São Bernardo do Campo e faleceu dia 30/03

A cidade recebeu nesta data (30/03) 26 resultados positivos de coronavírus, totalizando 4.638 casos confirmados da doença. 8 resultados negativos foram recebidos, totalizando 21.420 casos descartados. Há 632 suspeitas em análise de laboratório, incluindo 37 óbitos.

Do total de casos positivos, 3.639 pessoas já se recuperaram – tiveram alta hospitalar e/ou cumpriram a quarentena e não apresentam mais sintomas.

Nesta data (30/03), há 34 pacientes internados na rede municipal da cidade, no Hospital de Campanha. A ocupação de leitos exclusivos para casos COVID-19 na rede municipal (Hospital de Campanha) é de 96% nos leitos de enfermaria e 88% nos leitos de emergência.

Há 55 pacientes internados no Hospital Ribeirão Pires, rede particular (unidade se tornou referência para sua rede no atendimento de casos de COVID-19), 41 deles em leitos de UTI.

A Prefeitura de Ribeirão Pires ressalta que a atualização de dados sobre casos de COVID-19 no município é feita com base nas notificações realizadas dentro do município e também com informações fornecidas pela Secretaria de Saúde do Governo do Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta