Brasil à deriva: Anvisa esquece de mandar e-mail e reunião de emergência de kit intubação é cancelada

Em meio ao caos gerado pela pandemia e com pacientes morrendo por falta de insumos adequados nos hospitais, a Anvisa não enviou o e-mail que deveria convocar e confirmar uma reunião sobre a escassez de medicamentos para intubação de pacientes contaminados pela COVID-19

A reunião de emergência marcada para discutir, no domingo (21) a escassez de medicamentos para intubação de pacientes foi cancelada porque a Anvisa (Agência Nacional de Vigilência Sanitária) não enviou o e-mail que deveria convocar e confirmar o horário do encontro, segundo representantes da indústria. O cancelamento ocorre num cenário em meio ao caos gerado pela pandemia e com pacientes morrendo por falta de insumos adequados nos hospitais.  A informação é da jornalista mônica Bergamo, em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo.

A jornalista relata que a conversa foi acertada verbalmente no sábado (20). Dela participariam diretores da agência, representantes do Ministério da Saúde, da indústria, o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), que representa os estados.

Os participantes ficaram esperando o e-mail de confirmação da reunião, ou mesmo um telefonema _que não chegou. O “furo” da Anvisa foi confirmado à coluna da jornalista pelo Consasems e pelo Conass.

Deixe uma resposta