Rodrigo Maia admite possibilidade de adiamento de eleições municipais

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que, na semana que vem, deve ser formado um grupo entre deputados e senadores para debater o possível adiamento das eleições municipais deste ano por conta do coronavírus, já que, para a alteração, seria necessário mudar a Constituição.

Há informações de bastidores de que o primeiro turno das eleições municipais aconteçam em 15 de novembro.

Autoridades de saúde recomendam que as pessoas evitem aglomerações para diminuir a propagação da Covid-19.

De acordo com informações da rádio CBN, uma das possibilidade é que as eleições ocorram em dezembro, para evitar prorrogação  de mandatos de prefeitos e vereadores.

“Seria o adiamento da eleição sem prorrogação de mandato. É posição quase de unanimidade”, disse o parlamentar.

A fala de Maia vai de encontro ao pronunciamento do Ministro Roberto Barroso, futuro presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo o ministro, que sucederá a ministra Rosa Weber no final de maio na presidência do TSE, se não houver condições para realizar as eleições em outubro, o pleito, na avaliação dele, teria de ser feito “em poucas semanas, ou no máximo em dezembro, para não haver risco de se ter que prorrogar mandatos”. Ver matéria clicando aqui.

Deixe uma resposta